top of page

Zona do euro com preços em ascensão

Núcleo da inflação continua elevado em junho

A inflação máxima na zona do euro alcançou 5,5% no mês de junho, resultado que ficou levemente abaixo das expectativas dos analistas de mercado para a região. No entanto, o núcleo da inflação, dado que exclui custos com energia e alimentação, permaneceu elevado e subiu ainda mais, ficando em 5,4%, junto aos preços do setor de serviços que em crescimento, saiu de 5,0% em abril para atingir o número também de 5,4%.


Para boa parte dos analistas, a taxa básica permanecerá bem acima dos 5% nos próximos meses, e isso deverá provocar novos aumentos das taxas de juros durante esse período.


De abril para maio, os números do núcleo da inflação na região dos 20 países do bloco europeu foram de 5,6% para 5,3%. Uma queda suave. Mas, apesar dela, a deterioração recente pode camuflar um resultado positivo no indicador dos preços de produtos.

Comentários


bottom of page