top of page

Tempestade solar pode causar blackout na internet em 2024, diz cientista

Segundo o cientista Peter Becker, o Ciclo 25 pode chegar ao planeta no primeiro semestre do ano que vem e causar prejuízos bilionários

Starlink - SpaceX


Em média, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) atende anualmente cerca de 600 mil reclamações de usuários de internet em todo o Brasil. O motivo: falhas constantes de conexão, entre outros problemas técnicos responsáveis pela oscilação no sistema.


Entre 2020 e 2022, a ferramenta principal de trabalho de quem atua em home office cresceu globalmente durante a pandemia de covid-19. Além de agilizar as relações profissionais no período, a world wide web garantiu a sobrevivência de milhões de cidadãos impedidos de atuar em seus empregos regulares.


Toda essa longa introdução tem um propósito relevante. Segundo o físico Peter Becker, da Universidade George Mason, uma supertempestade solar deverá atingir o planeta Terra durante o primeiro semestre de 2024, e seus efeitos podem causar um blackout nas conexões de internet por mais de 30 dias.


De acordo com o pesquisador, o Ciclo Solar 25 deverá antecipar seu pico - originalmente calculado para 2025 - e afetar diretamente rede elétrica, satélites, cabos subterrâneos de fibra óptica, transmissores de rádio e GPS.


“É a primeira vez na história da humanidade que houve uma intersecção do aumento da atividade solar com a nossa dependência da Internet e a nossa dependência econômica global da Internet”, explicou Becker ao The Insider.



Empresas não investem em segurança para proteger sistemas


O cientista ainda destaca que há possibilidades de minimizar os efeitos, se os alertas de tempestade solar acontecerem com bastante antecedência. Segundo Becker, as informações são necessárias para que seja possível ajustar satélites em modo de segurança e até desligar os transformadores de rede.


A má notícia, segundo o pesquisador, é que as empresas não têm investido em sistemas eficientes para realizar essas tarefas.


“Eles não contam com motivação financeira para fortalecer seus sistemas”, completa.









Comentarios


bottom of page