top of page

Setor de Turismo teme fim de incentivos fiscais

Presidente da Braztoa destaca que planejamento das empresas de turismo foram definidos até 2027


Ilustração


O presidente da Braztoa (Associação Brasileira das Operações de Turismo), Fabiano Camargo, afirmou que o setor turístico nacional poderá ser impactado negativamente se o governo federal extinguir os benefícios do Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse), Instituído pela Lei 14.148/21 no governo Bolsonaro.

Quer ler mais?

Inscreva-se em rumoeconomico.com.br para continuar lendo esse post exclusivo.

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page