top of page

Secretária do Tesouro americano liga para CEOs para falar sobre teto da dívida

Janet Yellen tem falado pessoalmente com líderes empresariais e financeiros alertando sobre consequências de um possível calote do governo

Em uma tentativa desesperada de pressionar o Congresso americano, em especial os republicanos, a elevar o teto da dívida para cobrir os gastos desenfreados do governo Biden, a secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen tem ligado pessoalmente para CEOs e líderes financeiros para “alertar” sobre o perigo e impacto “catastrófico” que um calote por parte dos EUA na economia interna e externa.


As informações foram coletadas pela Reuters, que divulgou nesta terça-feira (9) parte do teor dos diálogos trazidos à tona por duas fontes não identificadas e que preferiram não dar muitos detalhes sobre as ligações. Os nomes dos CEOs também não foram revelados, porém, uma das fontes declarou que entre eles estavam executivos do setor financeiro e da economia em geral.


Entre as falas de Yellen aos interlocutores, estão apontamentos sobre "consequências perigosas da atual ousadia", tendo em vista que o Congresso se recusa a elevar o teto da dívida de US$ 31,4 trilhões alegando que ao invés de elevar o teto da dívida, exigindo dos legisladores aprovação incondicional, o governo deve realizar cortes de gastos abrangentes, aos quais os democratas se opõem.


Yellen deverá viajar para o Japão na quinta-feira (11) e concederá uma entrevista coletiva na cidade de Niigata antes da reunião do G7, e provavelmente será questionada sobre as ligações e o impacto que terão sobre os resultados das votações na pauta no Congresso.


Seguindo na mesma direção, na terça-feira o presidente Joe Biden terá uma reunião com Kevin McCarthy, presidente da Câmara, com Mitch McConnell, o líder da minoria do Senado e com os principais líderes do Partido Democrata no Congresso, a fim de tentar reverter o imbróglio do teto de gastos, mediante o fato de que seu governo gasta sempre bem mais do que a arrecadação.

Comentarios


bottom of page