top of page

Biden x Trump: saiba tudo o que irá acontecer no 1º debate entre os rivais

Debate entre os favoritos à Casa Branca será exibido pela CNN a partir das 22h desta quinta-feira (27)

Os antigos rivais voltam a debater após 4 anos

A partir das 22 horas (horário de Brasília) desta quinta-feira (27), Joe Biden (Partido Democrata) e Donald Trump (Partido Republicano) darão o pontapé inicial na corrida pela Casa Branca em um debate que tem tudo para quebrar recordes de audiência na América. 


Afinal, as eleições de 5 de novembro nos Estados Unidos colocam em jogo a reeleição do democrata ou o retorno do republicano após a polêmica derrota nas urnas em 2020. Será um tira-teima do processo eleitoral marcado pelos incidentes suspeitos da invasão do Capitólio em 6 de janeiro de 2021.


Com produção e transmissão da CNN norte-americana em seu QG de Atlanta, na Geórgia, o debate acontecerá, na prática, na “casa” de Biden. Com a grande mídia ao lado do atual presidente, Donald Trump espera que a condução do evento seja mais pendente ao atual ocupante do Salão Oval.


A suspeita do ex-presidente é baseada em fatos. Ambos os moderadores escolhidos para a tarefa, os âncoras Jake Tapper e Dana Bash, já fizeram ataques diretos ao republicano. Tapper, por exemplo, chegou a declarar que Trump era “insano” e um “pesadelo” para milhares de norte-americanos.


Como será o debate


  • Os dois candidatos concordaram em desligar seus microfones enquanto o adversário estiver com a palavra.

  • Não haverá público no auditório.

  • Cada concorrente terá direito a um caderno de anotações e uma caneta, além de uma garrafa de água mineral.

  • Não será permitido o uso de documentos ou clippings de imprensa

  • Joe Biden irá explorar a recente condenação de Trump por uso indevido de recursos, além de afirmar que o corte de impostos do rival foi algo para “favorecer os mais ricos”

  • Donald Trump, por sua vez, irá expor a fragilidade de Biden e sua política econômica que não controlou a inflação, além de ter colocado em risco a segurança do país com o aumento de guerras no mundo. 


--

Leia todas as nossas matérias integralmente.

Assine o Rumo Econômico no link abaixo:

Comments


bottom of page