top of page

Rumo Econômico vê com bons olhos novo corte de juros na Argentina

Para o estrategista-chefe do Rumo Econômico, Carlos Dias, a redução favorecerá a produção, desde que o governo siga metas fiscais rígidas


BC da Argentina avança no corte dos juros

Pela terceira vez seguida em um curto intervalo, o Banco Central da Argentina decidiu reduzir a taxa referencial de juros da economia de 60% para 50% ao ano. Em breve comunicado, a entidade explicou que medida levou em conta a estabilização das metas fiscais e a redução da inflação.


"O corte de juros se fundamenta no rápido ajuste de expectativas de inflação, na estabilização da âncora fiscal, e no impacto monetário de contração derivado da estacionalidade nos pagamentos externos do Tesouro do trimestre em curso”, escreveu o BC argentino.

Quer ler mais?

Inscreva-se em rumoeconomico.com.br para continuar lendo esse post exclusivo.

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page