top of page

Rombo no INSS do funcionalismo público derruba investimentos

Gastos com a previdência dos servidores públicos reduziram investimentos federais para 2,2%


INSS


Ao longo do primeiro ano de seu terceiro mandato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mandou um recado direto à sociedade: a contração de funcionários para as estatais seria uma das marcas registradas de seu governo. O inchaço da máquina pública, entretanto, deve pesar no futuro da previdência social, que já sofre com o crescimento da dívida.

Quer ler mais?

Inscreva-se em rumoeconomico.com.br para continuar lendo esse post exclusivo.

Kommentare

Kommentare konnten nicht geladen werden
Es gab ein technisches Problem. Verbinde dich erneut oder aktualisiere die Seite.
bottom of page