top of page

Relatório aponta bilhões em lucro para empresas ocidentais gerados na Rússia em 2022

Bloqueios contra o país não obtêm sucesso em frustrar rendimentos

Créditos da imagem: REUTERS/Dado Ruvic


Embora tenham adotado sanções contra a Rússia, nações ocidentais consideradas como “hostis” pelo governo de Vladmir Putin, tiveram lucros expressivos dentro do país no último ano, é o que informou o Financial Times na última segunda-feira (18) ao mencionar cálculos realizados pela Escola de Economia de Kiev (KSE).


Segundo os dados que tem como origem registros de empresas russas, notícias e declarações publicadas pelas corporações, as principais marcas ocidentais que permaneceram em operação no país chegaram a registrar 18 bilhões de dólares em lucro em 2022, o valor citado é referente aos 20 bilhões de dólares totais reportados por todas as empresas estrangeiras que atuam em território nacional.


Ainda no mesmo relatório, há uma declaração de Andrey Onopriyenko vice-diretor de desenvolvimento da KSE, responsável pela compilação dos dados, em que ele declara haver possibilidade palpável de um número ainda mais expressivo quanto aos lucros gerados dentro da Rússia para essas empresas, tendo em vista que os dados referentes ao desempenho de 2023 só serão divulgados no fim do ano.


Em escala de valores, o primeiro lugar em lucros no ano de 2022, estão as empresas americanas, com 4,9 bilhões de dólares, seguidas de perto pelas empresas alemãs, com 2,4 bilhões de dólares.

Comments


bottom of page