top of page

Reforma tributária sem crédito perante analistas

Economista afirma que projeto “não vai funcionar”

As emendas à Constituição propostas pelo governo petista como Reforma Tributária, as PECs 45 (Câmara) e 110 (Senado) continuam não convencendo analistas importantes pelo país. Em recente entrevista ao Correio Braziliense, jornal dos Diários Associados, o economista e autor do livro “O mito do governo grátis”, Paulo Rabello de Castro, que também já atuou como presidente do IBGE, do BNDES e do Instituto Atlântico, declarou que a proposta do governo deverá fatalmente aumentar a carga tributária do país especialmente entre a população de baixa renda, e que a pretexto de simplificar, apresenta brechas que podem tornar o “manicômio tributário brasileiro” ainda mais truncado.


Para o economista, a reforma proposta pelo governo é apenas mais uma “arrumação” e apenas dá continuidade a uma cilada econômica que teve início com o Plano Real, que surgiu como uma resposta deformada às dificuldades do país, onde o ajuste político é realizado por meio do constante aumento das despesas do Estado, e pior, sempre em um ritmo superior ao crescimento do PIB.

Comments


bottom of page