top of page

Recessão deve chegar mais tarde do que o esperado nos EUA, apontam analistas

Atualizado: 11 de set. de 2023

País vive bom momento, mas relatório do Barclays indica virada no mercado de trabalho em 2024

Analistas do banco Barclays dizem já saber quando a economia norte-americana deverá entrar em recessão: o segundo trimestre de 2024. Em relatório divulgado nesta semana, os especialistas britânicos avaliaram que nem mesmo a constante alta de juros promovida pelo Federal Reserve (FED) será capaz de reduzir a criação de desemprego na maior economia do planeta no ano que vem.


Segundo o Barclays, as medidas tomadas pelo banco central dos Estados Unidos devem continuar provocando efeito positivo imediato na conjuntura atual, que deve ser pontuada por crescimento econômico temporário.


“Esperamos agora que o PIB suba 3,0% no terceiro trimestre e 0,5% no quarto trimestre. Adiamos nossa previsão de recessão para o segundo trimestre de 2024”, destacou o relatório da instituição.


Para consolidar seu diagnóstico sobre a saúde financeira dos EUA, o Barclays apontou que ainda ocorre uma “dinâmica saudável no mercado de trabalho”. Essa característica, por sua vez, é capaz de sustentar a renda da população e os gastos públicos, gerando mais empregos no período.


Outros fatores preponderantes incluem a boa saúde do mercado imobiliário, alimentado por incentivos fiscais do governo, além das vendas do varejo e setor industrial.

Comments


bottom of page