top of page

Produção de petróleo iraniana atinge máxima de cinco anos

Atualizado: 11 de set. de 2023

País já ultrapassa produção de 3 milhões de barris por dia

Assim como a Rússia, o Irã também tem atingido recordes em extração de petróleo em 2023, apesar das pesadas sanções impostas a estes países pelo ocidente. Desde agosto de 2021, o número da produtividade iraniana atingiu a marca de 1 milhão de barris por dia (bpd) e hoje o número alcançado chegou a 3,1 milhões de bpd.


Os resultados impressionantes são atribuídos pelo governo de Ebrahim Raisi à sua própria gestão, iniciada também em 2021, que tem priorizado a negociações com países de sua própria região, como também os latino-americanos, e segundo Hossein Hosseinzadeh, membro do comitê de energia do parlamento iraniano vem, em meio ao crescimento de quase 80% das receitas sobre a commoditie, compensar um grande déficit no orçamento fiscal enfrentado pelo país.


Atualmente, os maiores parceiros importadores do petróleo e condensado iraniano são China, Venezuela e Síria, sendo a exportação somente no último trimestre correspondente a 1,35 bpd um crescimento de 300 mil bpd com relação ao período anterior, e 350 mil bpd com relação à média de 2022.


A meta do país para os próximos anos é começar a exportar cerca de 5,7 milhões de barris por dia.

Comments


bottom of page