top of page

Planejamento aponta necessidade de corte em R$ 1,7 bilhão em despesas do governo Lula

Fazenda precisará da redução para conseguir cumprir metas

Em relatório divulgado pelo Ministério do Planejamento foi apontada a necessidade de redução de custos do governo Lula em R$ 1,7 bilhão nos próximos meses, caso pretenda cumprir as metas definidas para 2023, tendo em vista a projeção de elevação das despesas e redução das receitas que elevou o déficit do país de R$ 107,60 bilhões para R$ 136,2 bilhões no primeiro bimestre do ano.


Com os custos apontados pelo resultado primário, o Ministro Fernando Haddad precisará ter a mais nos cofres da União o montante de R$ 86 bilhões que deverão “surgir” mediante o crescimento da receita ou por meio do corte de gastos. As despesas apontadas são compostas de R$ 5 bilhões referentes ao aumento do salário-mínimo divulgado no início do mês, R$ 7,3 bilhões do complemento ao piso da enfermagem e mais R$ 6 bilhões referentes a benefícios previdenciários.

Comments


bottom of page