top of page

Petrobras registra pior 1º trimestre desde 2021

Balanço divulgado pela Petrobras aponta quedas no lucro e na receita líquida da estatal


A Petrobras divulgou nesta semana os resultados referentes ao primeiro trimestre de 2024. De acordo com a estatal, a receita líquida obtida no período pela petroleira foi de R$ 117,7 bilhões - queda de 15,4% em comparação ao mesmo período de 2023. Já em relação ao quarto trimestre do ano passado, o resultado foi inferior em 12,3%.


No mesmo relatório, a Petrobras ainda apresentou o balanço de seus ganhos nos primeiros três meses do ano. Segundo a estatal, o lucro líquido registrado no tri ficou em R$ 23,7 bilhões - número que representa queda de 38% em relação ao mesmo período de 2023. O resultado representa o  pior desempenho para a companhia desde o auge da pandemia, em 2021.


Conforme o diretor financeiro e de relacionamento com investidores da Petrobras, Sérgio Leite, uma das justificativas para o desempenho abaixo das expectativas está na desvalorização da moeda brasileira.


“A desvalorização cambial do real em relação ao dólar, entre outros fatores, como menores volumes de venda de óleo e derivados, preço do petróleo e margem do diesel, trouxe impacto”, afirmou.


Presidente da Petrobras coloca panos quentes


Já o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, decidiu avaliar a contabilidade da empresa pelo aspecto positivo, apontando para a garantia de futuros investimentos no Plano Estratégico 2024-2028.


“Seguimos comprometidos e empenhados em executar e financiar os investimentos previstos, com disciplina de capital e geração de valor para os acionistas e para a sociedade. Os dados financeiros e operacionais da Petrobras no 1º trimestre de 2024 são consistentes com a rota da companhia em cumprir seu Plano Estratégico de forma eficiente e sustentável”, concluiu.

Comments


bottom of page