top of page

Petrobras explica sobre dividendos de ‘dois dígitos’ e recompra inédita de ações

Comunicado informou que Conselho e Diretoria não deliberaram sobre o tema

A Petrobras esclareceu em comunicado nessa quarta-feira (5), que embora estudos em prol do aperfeiçoamento de sua política de remuneração de acionistas estejam encaminhados, não houve por parte da Diretoria Executiva ou mesmo do Conselho de Administração, qualquer decisão ou deliberação sobre o tema. O esclarecimento foi realizado após a publicação de notícias a respeito de recompra de ações e pagamento de dividendos realizados pela estatal.


De acordo com as fontes das publicações, a Petrobras teria decidido manter o pagamento de dividendos em “dois dígitos”, que representam dividend yield (dividendo em relação ao preço da ação), no percentual de 10 pontos em favor de seus acionistas, deixando-os satisfeitos com os lucros no segundo trimestre de 2023. Quanto ao ano seguinte, 2024, os dividendos seriam reduzidos para que a petroleira possa elevar seus investimentos.


Segundo a companhia, não há fato novo a ser divulgado e as notícias relevantes que vieram a público, foram devidamente divulgadas. Quanto à nova política de dividendos da Petrobras, há forte expectativa de que seja definida entre julho e agosto.

Comments


bottom of page