top of page

Petróleo sobe após onda de otimismo sobre negociação de teto da dívida americana

Expectativa de acordo com o parlamento americano sobre expansão do teto fez preço do barril subir US$ 2

As reações do mercado perante a instabilidade econômica americana têm gerado as mais variadas e inesperadas reações. Nesta quarta-feira (17), o petróleo elevou o seu preço em US$ 2 mediante onda de otimismo sobre a demanda da commodity e as negociações sobre o teto da dívida dos EUA. A expectativa positiva foi além das preocupações com a abundância de oferta.


Levando em consideração os números do dia, os contratos futuros de petróleo Brent encerraram a US$ 2,05 ou 2,7%, contabilizando US$ 76,96 o barril enquanto o petróleo bruto West Texas Intermediate americano fechou a US$ 1,97 ou 2,8% acima, ou seja, ao custo de US$ 72,83.


Entre idas e vindas quanto ao teto de US$ 31,4 trilhões ser elevado para evitar um calote da dívida americana que poderá trazer consequências drásticas à economia do país, como também de todo o mundo, o presidente da Câmara dos Representantes aceitou na última terça-feira (16) realizar uma negociação direta. A corrida agora é contra o tempo, tendo em vista que em 1º de junho o governo federal já estará sem dinheiro para quitar suas dívidas.


FONTE/CRÉDITOS: Rumo Econômico com informações da Reuters

Comentarios


bottom of page