top of page

Pesquisa da CNI aponta queda na produção industrial e no emprego em abril

Há três meses os estoques estão acima do planejado

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgou na última quarta-feira (17) os resultados da pesquisa Sondagem Industrial realizada entre os dias 2 e 10 de maio, com 1638 empresas. Segundo os dados apresentados, a produção industrial do Brasil caiu entre março e abril deste ano. Tendo como nota de corte o índice de 50 pontos, que delimita entre a queda e o crescimento da produção, o resultado atual foi registrado em 42,6 pontos, ou seja 2,2 abaixo da média para o período do mês de abril.


Outro índice avaliado e que também apresentou recuo, foi o emprego industrial que já vem de um recente histórico de queda desde o mês anterior, estando ainda sem crescimento registrado desde outubro de 2022. Desta vez, o índice que registra a evolução do número de empregados foi de apenas 48 pontos, ou seja, 1,5 a menos em comparação ao registrado em março.


Para Marcelo Azevedo, gerente de Análise Econômica da CNI, os resultados apresentados pela pesquisa apenas aponta o real desaquecimento da indústria: “Os estoques aumentaram pelo terceiro mês consecutivo e a utilização da capacidade instalada recuou. Temos queda nos dados de emprego e produção, que indicam um movimento preocupante da indústria, que tem perdido o ânimo, principalmente pelas dificuldades impostas pelos altos juros”, disse ele.


Comments


bottom of page