top of page

Mercado mexicano abre espaço para carne bovina do Brasil

Abertura ocorre em meio à luta contra a inflação

Após um longo período de espera a fim de tornar possível a expansão ao mercado norte-americano, o México divulgou nesta segunda-feira (6) que abrirá espaço para a importação de carne bovina brasileira. Foram anunciados também os requisitos sanitários que darão as diretrizes para a realização da aquisição.


A abertura ocorre em um período em que o presidente Andrés Manuel López Obrador busca fontes de abastecimento de alimentos, com o intuito de combater os altos níveis de inflação por meio do lançamento de alguns programas, entretanto, o índice inflacionário não apresenta sinais de desaceleração, principalmente a inflação subjacente (padrão mais eficaz de medição da trajetória de preços), o que levou o Banco do México a elevar sua taxa básica para os 11% atuais.


A Secretaria de Agricultura (Sader) divulgou que os estados brasileiros exportadores serão Santa Catarina, enviando carne in natura, resfriada, congelada ou com osso, desde que esteja com situação de febre aftosa sem vacinação; e outros 14 estados, cujos mais importantes produtores são Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, que poderão exportar apenas carne maturada e desossada tendo em vista sua condição sanitária livre de febre aftosa com vacinação.

Comments


bottom of page