top of page

Lula volta a criticar presidente do Banco Central

Motivo das críticas ainda é a taxa Selic

Em discurso realizado no lançamento do novo programa Minha Casa Minha Vida nesta quinta-feira (13), no Palácio do Planalto, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a realizar críticas contra o presidente do Banco Central Roberto Campos Neto, como também a decisão da instituição em manter a taxa Selic em 13.75%.


Lula afirmou que Campos Neto “tem que entender que ele não é dono do Brasil”, e novamente repetiu o discurso populista de que é necessário reduzir as taxas de juros para que os empresários possam novamente ter acesso ao crédito facilitado.


O boletim Focus desta semana apontou para manutenção da taxa em 12% para este ano, enquanto o mercado aguarda um novo resultado para a política monetária nacional nas próximas semanas. Não é a primeira vez que Lula joga sobre o presidente do Banco Central críticas e responsabilizações absurdas como a de que o gestor estaria jogando “contra a economia do país” ao não reduzir a taxa em uma clara tentativa de combater a inflação que ainda permanece alta no Brasil.

Comments


bottom of page