top of page

Lula tenta reviver “anos dourados” das empreiteiras

Projeto quer reabrir empréstimos do BNDES para obras no exterior

Divulgação


Após ficar congelada nos governos de Michel Temer (MDB) e Jair Bolsonaro (PL), entre 2016-2022, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pretende reabrir a linha de crédito do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) destinada a financiar projetos de empreiteiras brasileiras no exterior. Para isso, um projeto com a regulamentação já foi enviado nesta semana para análise do Congresso Nacional.


Segundo José Luis Gordon, que atua como diretor de inovação e comércio do BNDES, o conteúdo estratégico incluído no projeto já teria sido debatido com o Tribunal de Contas da União (TCU) e prevê “garantir mais segurança jurídica à exportação de serviços de engenharia no mercado internacional”.


BNDES estaria proibido de emprestar dinheiro a "caloteiros"


Para facilitar a aprovação no parlamento, o governo Lula decidiu incluir no texto-base a proibição da concessão de créditos a países inadimplentes com o Brasil. Caso seja mantido no projeto, seriam vetados automaticamente contratos com Cuba, Venezuela e Moçambique. Até o início de 2023, as dívidas acumuladas com estes países (exceto Moçambique) eram de R$ 4,6 bilhões.

Comments


bottom of page