top of page

Lula quer que bancos oficiais financiem operações dos estados e municípios

Escalada das dívidas

Em recente encontro, nessa sexta-feira (27), com governadores no Palácio do Planalto, o presidente Lula, afirmou que os bancos oficiais do país, em especial o BNDES, irão atuar ativamente na concessão de crédito para obras prioritárias nos estados e prefeituras.


Lula declarou no encontro, que o BNDES voltará a ser um banco de desenvolvimento. Nesse sentido, afirmou ainda, que o BNDES deverá emprestar recursos para que os entes federados possam executar obras essenciais.


No discurso, que transformou efetivamente os bancos públicos, em certa dose, parte de instituições políticas, o presidente ponderou que caso os estados estejam com as contas desarrumadas, o governo federal precisará encontrar uma saída para possibilitar o acesso ao crédito.


No caso de os estados estarem em ordem com suas contas, portanto, poder ampliar seu endividamento, refletiu Lula, não há razão para não se acelerar o processo de concessão de crédito.


O presidente considerou também que os bancos públicos devem dividir recursos para pequenas, médias e grandes empresas.


Bem-vindos a feira do crédito!

Comments


bottom of page