top of page

Lula autoriza mais duas empresas a importar energia de Nicolas Maduro

Acordo fechado com Maduro irá garantir que mais duas companhias brasileiras comprem energia elétrica da Venezuela



Bolt Energy e Tradener comprarão energia de Maduro


O governo Lula anunciou que mais duas companhias brasileiras foram autorizadas a adquirir energia elétrica da Venezuela. Com o novo acordo firmado com a ditadura de Nicolás Maduro, as empresas Bolt Energy e Tradener se unirão à Ambar Comercializadora de Energia Ltda, que havia recebido permissão para fornecer energia para Roraima em 2023. As informações sobre os contratos foram confirmadas pelo Ministério das Minas e Energia, comandado por Alexandre Silveira.

Quer ler mais?

Inscreva-se em rumoeconomico.com.br para continuar lendo esse post exclusivo.

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page