top of page

Jair Bolsonaro foi monitorado por 48 horas dentro da embaixada da Hungria

Após a estadia ser revelada pelo The New York Times, Bolsonaro deve ser investigado pela Polícia Federal


Imagem de circuito interno obtida pelo New York Times


Jair Bolsonaro (PL) foi monitorado por 48 horas durante sua permanência na embaixada da Hungria, em Brasília, entre os dias 12 e 14 de fevereiro. O indício de que o ex-presidente foi acompanhado por algum funcionário local, logo após o confisco de seu passaporte pela Polícia Federal, está na matéria do The New York Times publicada na segunda-feira (25). 

Quer ler mais?

Inscreva-se em rumoeconomico.com.br para continuar lendo esse post exclusivo.

コメント

コメントが読み込まれませんでした。
技術的な問題があったようです。お手数ですが、再度接続するか、ページを再読み込みしてださい。
bottom of page