top of page

Hackers chineses invadem sistemas de Taiwan em busca de segredos militares

Ciberataques ocorreram entre novembro e abril deste ano, mirando informações diplomáticas e militares


Guerra cibernética volta a gerar tensões na Ásia

Relatório divulgado pela empresa de inteligência de segurança cibernética Recorded Future revelou que uma organização de hackers supostamente conduzida pelo governo chinês voltou a ampliar a onda de ataques contra o rival Taiwan, que vive sob constante ameaça do governo autoritário de Xi Jinping.


Segundo a Radio Free Asia, os ciberataques foram aplicados de forma sistemática pelo grupo conhecido como RedJuliett, entre novembro de 2023 e abril deste ano, e tiveram como objetivo o furto informações de cunho diplomático e militar - além de avanços tecnológicos - do país vizinho.


O informe da Recorded Future apontou ainda que os ataques cibernéticos exploraram vulnerabilidades nos sistemas, utilizando, principalmente, brechas em redes privadas virtuais (VPN) para invadir dados de empresas, agências governamentais e universidades de Taiwan. Ao todo, 70 organizações foram alvos dos invasores, incluindo uma indústria de semicondutores e duas empresas aeroespaciais com contratos militares.


--

Leia todas as nossas matérias integralmente.

Assine o Rumo Econômico no link abaixo:

Comments


bottom of page