top of page

Governo Milei corta benefícios e promete punir quem bloquear estradas

Mais de 27 mil irregulares perderam seus benefícios, após pente fino do governo argentino


Ministra do Capital Humano, Sandra Pettovello - Governo da Argentina


Sem tomar conhecimento da greve geral marcada para esta quarta-feira (24), o presidente da Argentina, Javier Milei confirmou o corte de benefícios sociais de mais de 27 mil pessoas em situação irregular. O cancelamento acontece após o Ministério do Capital Humano realizar um pente fino nos programas Potenciar Trabalho e Potenciar Empleo.

Quer ler mais?

Inscreva-se em rumoeconomico.com.br para continuar lendo esse post exclusivo.

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page