top of page

Governo deve criar o Conselho Brasil de Participação Social

Democracia participativa e controle social

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve lançar, no dia 31 de janeiro, o Conselho Brasil de Participação Social, composto por entidades que estiveram no Gabinete de Transição do Governo, e também o Sistema Interministerial de Participação Social.


O anúncio foi feito nesta sexta-feira (27) pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Márcio Macedo, no Fórum Social Mundial (FSM). O ministro integrou a mesa Democracia Participativa e Controle Social.


A pasta será a responsável pelo sistema de participação do governo Lula. Macedo destacou que pretende passar os próximos quatro anos ouvindo os movimentos sociais e a população, “para o povo colocar suas impressões digitais nas políticas públicas do presidente Lula”.


Eliane Martins, do Movimento dos Trabalhadores Desempregados (MTD), destacou a importância de se mobilizar a população com formação política de base, para retomar a participação de fato nos conselhos que foram desmontados nos últimos anos.


Edmirson Medeiros, integrante do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), ressaltou a necessidade urgente de se retomar o Conselho Curador da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), para que ela volte a ter o controle social que define a comunicação pública.


Neste sábado (28) estão previstas assembleias setoriais e encontros autogestionados, além de atividades culturais no último dia do Fórum Social Mundial.


FONTE: Agência Brasil

CRÉDITOS (Imagem): Antonio Cruz/Agência Brasil

Kommentare


bottom of page