top of page

Governo defende "MP do Fim do Mundo" e diz que inflação pode ficar "descontrolada"

MP virou alternativa para compensar a prorrogação da desoneração da folha de pagamento aprovada pelo Congresso


Durigan: MP do Fim do Mundo "é inevitável"

Apesar de ter provocado uma avalanche de críticas pesadas dos empresários - e da maioria absoluta dos representantes do agronegócio e da indústria - o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Dario Durigan, defendeu a proposta do governo de restrição ao uso de créditos de PIS/Cofins para compensar as perdas com a desoneração da folha de pagamento. A medida tem sido apelidada de "MP do Fim do Mundo", em razão do impacto que pode causar ao setor produtivo nacional.


“Apresentamos a ideia da compensação. É simples, é fácil? Não é, mas não temos muitas opções. É preciso compreender que medida é um componente de um projeto de equilíbrio fiscal. Precisamos de juros mais baixos? Não adianta fazer na marra”, declarou o secretário durante participação em evento do grupo Esfera no Guarujá no sábado (8), litoral de São Paulo.


Durigan destacou ainda que, apesar de ter chegado tarde ao painel, não conseguiu ouvir as fortes críticas à medida criada para minimizar os efeitos da prorrogação à desoneração aos 17 setores da economia e dos municípios com até 156 mil habitantes. Contudo, o economista garantiu que a inflação ficará descontrolada, caso ela não seja aplicada pelo governo.


"Se a gente não tem conta em ordem, se a gente abre mão dessa compensação, é juro descontrolado, mas não por causa do Banco Central. Esse país precisa crescer para resolver a crise fiscal, precisa de investimento para melhorar a relação dívida-PIB”, pontuou Durigan.


O Rumo Econômico adiantou a escalada dramática da crise fiscal e suas consequências perversas no podcast do dia 04 de junho sobre Dominância Fiscal. Ouça aqui e compreenda melhor: https://www.rumoeconomico.com.br/videosepodcasts


--


Leia todas as nossas matérias integralmente.

Assine o Rumo Econômico no link abaixo:

Comments


bottom of page