top of page

Governo autoriza importação de 1 milhão de toneladas de arroz

MP permitirá Conab a importar arroz, um dos produtos mais afetados pelos temporais no Rio Grande do Sul


Arroz: Brasil poderá virá importador para atender demanda

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) foi autorizada pelo governo federal a importar até 1 milhão de toneladas de arroz para suprir as perdas ocasionadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. As regras para a compra do cereal de produtores estrangeiros foram publicadas no Diário Oficial da União por meio da Medida Provisória (MP) 1.217/2024.


Segundo a MP - válida somente para 2024 - a aquisição de arroz poderá ser feita por meio de leilões públicos e a preço de mercado, e terá como alvo principal atender aos pequenos varejistas nas áreas metropolitanas atingidas pelos alagamentos.


Vale destacar que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva - antes mesmo da tragédia no Rio Grande do Sul - chegou a cogitar comprar arroz da Venezuela para conter a alta dos preços. Não foi divulgado, entretanto, se a cotação venezuelana era mais atraente para o Brasil.


Ministro da Agricultura descarta importar total autorizado


O ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, disse que a liberação de 1 milhão de toneladas do produto não representa que o Brasil irá adquirir o total previsto no texto da MP.


"Não significa que se vai comprar 1 milhão de toneladas, porque como eu disse, o Brasil é praticamente autossuficiente. Não queremos concorrer, abaixar o preço dos produtores, mas não podemos deixar também haver desabastecimento e subirem os preços nas gôndolas dos supermercados", afirmou o ministro.


--


Leia todas as nossas matérias integralmente.

Assine o Rumo Econômico no link abaixo

Comments


bottom of page