top of page

Falta de confiança da indústria na economia diminui em maio

Pesquisa é realizada pela CNI

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) realizou mais uma vez pesquisa que avalia o otimismo do empresariado industrial com relação à economia brasileira. Entre os meses de abril e maio de 2023 o resultado foi menos pessimista do que o anterior realizado entre fevereiro e março que apontou que o setor encontra-se sem grandes expectativas quanto ao tema. Traduzindo em números, a pontuação aumentou em 0,4, ou seja, de 48,8 pontos para 49,2 pontos entre abril e maio.


O índice é contabilizado com pontuação entre 0 e 100, tendo como linha de corte 50 pontos; acima da linha de corte os resultados são considerados otimistas, e abaixo dela a leitura é inversamente proporcional. A entrevista foi realizada entre os dias 2 e 8 de maio com 1.450 empresas que estão distribuídas em 571 de pequeno porte, 549 de médio porte e 330 de grande porte.


Segundo avaliação de Marcelo Azevedo, gerente de Análise Econômica da CNI, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) demonstrou uma leve mas importante recuperação da confiança entre todos os componentes analisados e afirmou: “A alta mostra que os empresários veem o atual momento em relação aos últimos seis meses de maneira um pouco menos negativa em maio do que observavam em abril. É o primeiro avanço mensal do índice desde setembro de 2022”.

Comments


bottom of page