top of page

EUA têm queda na confiança do consumidor

Atualizado: 29 de set. de 2023

Índice cai para o mínimo de quatro meses.

Crédito da imagem: Reuters/Mark Makela/File Photo


O Índice de confiança do consumidor norte-americano em setembro caiu para seu menor nível em quatro meses. O recuo tem sido motivado pelos preços mais altos, como também devido aos temores de uma iminente recessão que atemoriza também os maiores players do mercado, ainda que as famílias mantenham seu otimismo quanto ao mercado de trabalho que até o momento, demonstrou estabilidade positiva em meio às altas taxas de juros e uma persistente inflação.


Os dados apresentados pelo Conference Board na última terça-feira (26), demonstram que a queda da confiança são fruto de fatores além da dificuldade com as altas taxas de juros, são reflexo ainda dos temores quanto à instabilidade do ambiente político, tendo em vista as eleições presidenciais do próximo ano.


Outra expectativa tenebrosa é referente ao risco real de uma paralização do governo federal no próximo sábado, o que tem causado no mercado um alto nível de tensão mediante as intensas disputas políticas ao redor do tema.


Quanto ao perfil dos entrevistados, a confiança decresceu em todas as faixas etárias, e principalmente entre os consumidores com renda anual em torno de 50 mil dólares.

Comentários


bottom of page