top of page

Em ata do Fomc, Fed descreve trajetória econômica dos EUA como 'altamente incerta'

Com forte instabilidade de cenário, banco central americano admite dificuldades na elaboração de previsões

Crédito da imagem: Reprodução Internet


O Banco Central dos Estados Unidos, o Federal Reserve (Fed), divulgou nesta quarta-feira (11) a ata da última reunião do Fomc (Comitê de Mercado Aberto), que revelou entre a maior parte de seus integrantes uma perspectiva sobre a trajetória futura da economia do país classificada como "altamente incerta".


Desde a última reunião, os resultados econômicos não transmitiram segurança para uma análise precisa por parte grupo de analistas do FED, pois, embora no mês de setembro a decisão sobre os juros tenha sido pela manutenção dos números entre 5,25% e 5,5%, maior taxa em um período de 23 anos, para 12 dos 19 integrantes do Comitê, as chances de que seja necessária uma retomada do aperto monetário, em mais uma elevação da taxa de referência até o fim do ano são bastante prováveis.


De acordo com o documento, a incerteza na análise de perspectivas a curto prazo são fruto de uma dificuldade em avaliar o estado dos mercados financeiros, mediante os prováveis choques no preço do petróleo, aliados ainda às constantes greves sindicais que têm avançado nas últimas semanas. O Fed também a pontou a volatilidade dos indicadores econômicos, o que traz mais um desafio para a precisão de uma análise sobre a economia.

Comments


bottom of page