top of page

Em 2022 foram pagos 1,56 trilhões de dólares a acionistas

Crescimento foi de 8,4% no último ano

A Global Dividend Index publicado pela administradora Janus Henderson, aponta que no ano de 2022 US$ 1.560 bilhões (€ 1.475 bilhões) foram pagos aos acionistas, um crescimento de 8,4% que foi alavancado por petroleiras e empresas financeiras, superando um crescimento já histórico alcançado em 2021, devido à recuperação do mercado pós-crise pandêmica em 2020.


O novo recorde foi constatado mesmo após ajuste dos efeitos cambiais e dividendos extraordinários mais baixos. O crescimento subjacente é de 14%.

Kommentare


bottom of page