top of page

Desafios da economia global

Principais economias puxam números para baixo

O relatório "World Economic Outlook" do FMI (Fundo Monetário Internacional), cuja atualização foi divulgada na semana passada, apontou que embora a recuperação gradual dos países seja uma constante desde a crise sanitária de covid-19, como também em meio aos desafios causados pelo conflito entre Rússia e Ucrânia, a economia global permanece atravessando importantes desafios.


As previsões de crescimento da economia ainda são uma realidade, no entanto, não deverão repetir os resultados positivos de 2022 em igual proporção nos dois anos seguintes. No ano passado, os números foram 3,5% e deverá cair 0,5% em 2023 e 2024, estagnando em 3%.


A queda se dará mediante o cenário de perda de força do mercado que teve forte contribuição do aperto monetário realizado pelos bancos centrais ao redor de todo o mundo com o intuito de combater a inflação persistente. Outro fator motivador para o recuo no crescimento é o fraco desempenho das maiores economias do mundo que teve seu crescimento diminuído de 2,7% para 1,5% neste ano, segundo apontou o relatório.


Em contraste, os países emergentes apresentaram um crescimento de 3,1% em 2022 e devem passar para 4,1% em 2023 e 2024.

Comments


bottom of page