top of page

Dívida das famílias norte-americanas ultrapassa a marca de US$ 17 trilhões

Número referente ao 1º trimestre foi influenciado por alta de inadimplência no cartão de crédito


EUA vivem reocupação com alta da inadimplência

Dados divulgados pelo Federal Reserve Bank de Nova York - ligado ao Banco Central norte-americano - revelaram que a taxa de inadimplência dos consumidores aumentou em US$ 1,1 bilhão no primeiro trimestre deste ano, influenciada diretamente pelos débitos com cartão de crédito, que contou com 90% de recém-endividados.


Segundo apurou o Federal Reserve, nos primeiros três meses de 2023 a parcela de consumidores com dívidas acumuladas há mais de 90 dias no cartão era de 4,57%. Já no primeiro trimestre de 2024, essa fatia chegou a 6,86%.


Segundo Joelle Scally, que atua como diretora econômica regional da divisão de pesquisa doméstica e de políticas públicas da instituição, o agravamento da inadimplência já abrange a maioria das faixas etárias da população.


“A taxa de dívidas de cartão de crédito em transição para delinquência grave não parou de crescer em todas as faixas etárias”, ressaltou a dirigente.


O Federal Reserve de Nova York ainda destacou que o montante total das dívidas das famílias norte-americanas chegou ao patamar de US$ 17,7 trilhões no primeiro trimestre de 2024.


--


Leia todas as nossas matérias integralmente.

Assine o Rumo Econômico no link abaixo:

Comments


bottom of page