top of page

CVM abre processo contra a Americanas e a PwC

Investigação em curso

A Associação Brasileira de Investidores (Abradin) denunciou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) as Americanas e a empresa de auditoria Price Waterhouse Coopers (PwC).


A CVM abriu processo administrativo para apurar o caso que aponta para uma eventual fraude contábil em torno de R$ 40 bilhões.


Segundo a Abradin, há evidências de que havia desvio de caixa e não apenas erros contábeis.

Comments


bottom of page