top of page

Com inflação em queda, BC argentino promove novo corte de juros

Taxa equivalente à Selic foi para 40% ano, acompanhando a queda da inflação para 8,8% em abril

BC argentino acompanhou queda da inflação em abril

Depois de registrar superávit nas contas públicas pelo terceiro mês consecutivo e de reduzir a inflação para um dígito, o governo argentino celebrou a decisão do Banco Central em reduzir mais uma vez os juros da economia.

Quer ler mais?

Inscreva-se em rumoeconomico.com.br para continuar lendo esse post exclusivo.

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page