top of page

Com incertezas fiscais e crise externa, B3 zera ganhos em 2023

Declaração de Lula sobre a meta fiscal também foi incisiva para a fuga de capitais da B3

B3


Uma coleção de desventuras em série no mercado financeiro brasileiro fez com que o mês de outubro chegasse ao fim com o pior resultado para quem apostou seus recursos na bolsa de valores. Após 13 baixas consecutivas, os ganhos para os investidores foram anulados em 2023, refletindo a queda acumulada de 2,9% nos 31 dias do “Mês das Bruxas”.


O golpe de misericórdia na B3, indiscutivelmente, foi executado na semana passada. Na sexta-feira (27), a declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) quanto à incerteza sobre a meta fiscal para 2024 foi como se os papéis entrassem no olho de um furacão. Sem qualquer embasamento teórico sobre a economia, Lula admitiu que “dificilmente” o déficit zero seria atingido por seu governo no ano que vem.


“Eu sei da disposição do [Fernando] Haddad, sei da vontade do Haddad, sei da minha disposição, mas queria dizer para vocês que nós dificilmente chegaremos à meta, até porque eu não quero fazer corte em investimentos e obras. Se o Brasil tiver um deficit de 0,5% o que é? De 0,25%, o que é? Nada. Absolutamente nada”, afirmou


No final do dia, com os investidores descrentes na capacidade governista de atingir seus objetivos, a B3 encerrou o pregão com queda de 1,39% a 113 mil pontos.


Insegurança externa contribuiu para desvalorização da B3


Além das incertezas geradas por quem comanda a economia brasileira, o mercado financeiro também foi afetado de forma incisiva pelas notícias no exterior. Entre os principais players que contribuíram para a fuga dos investidores em um mercado emergente como o brasileiro, destaque para a política de juros do Federal Reserve (FED). Em diversas oportunidades, a entidade monetária norte-americana sinalizou que não desistirá de controlar a inflação por meio da alta de juros.


Além do fator EUA, as movimentações na B3 foram afetadas pelos sinais enviados da China, que terá anos mais difíceis de crescimento em virtude da derrocada de empresas da construção civil, como a Country Garden e China Evergrande. Por fim, a especulação sobre a disparada do preço do Brent, em razão do conflito Israel x Hamas, foi outro personagem que contribuiu para a fuga de capitais.






Comments


bottom of page