top of page

Caminhos da ‘desdolarização’

Grupo dos Brics encabeçam alternativas para um substituto da moeda americana

Muito tem sido cogitado a respeito de um fenômeno de desdolariazação da economia mundial nos últimos meses. Diversos analistas dividem opiniões quanto à viabilidade de uma real concretização dessa migração de moeda global e quais meios seriam utilizados para tal fim. Inicialmente, o atual cenário de sanções com exclusão do sistema Swift aplicadas contra importantes players econômicos como a Rússia e a China, em meio à um conflito bélico de impacto global, forçaram os países sancionados a uma forte reação em busca de alternativas para manter sua sobrevivência no mercado internacional.


O grupo dos Brics é atualmente aquele que tem levantado com força a bandeira de moedas nacionais como alternativa ao sistema dolarizado. No entanto, constantemente enfatiza a necessidade de criar uma nova moeda, provavelmente digital, que unifique os interesses econômicos de diversos grupos de interesse econômico ao redor do mundo, e que hoje sofrem pelo monopólio da moeda americana sobre os mercados globais.


A proposta do Brics é lastrear a nova moeda digital em ouro, para que transmita a segurança necessária aos adeptos do novo sistema monetário em questão, o que criaria um “efeito dominó” entre inúmeros países que hoje já anseiam por uma alternativa ao dólar, e consequentemente geraria uma queda brusca nas reservas externas na moeda americana.

CRÉDITOS (Imagem): Canva

Comments


bottom of page