top of page

Cai a confiança na economia em 21 de 29 setores da indústria

Dados são da CNI em pesquisa no mês de setembro

Crédito da imagem: REUTERS/Roosevelt Cassio


Em nova pesquisa de avaliação do Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) por setor, realizada entre os dias 1º a 13 de setembro, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) trouxe a perspectiva do setor industrial quanto ao desempenho econômico do país neste último mês.


Entre as 1.988 empresas consultadas, sendo 778 delas de pequeno porte, 719 de médio porte e 491de grande porte, divididos em 29 setores, 21 delas apresentou queda no número da confiança na economia, enquanto apenas oito setores tiveram crescimento, em comparação com o mês anterior.


Os principais setores que passaram para um resultado negativo em setembro são os de Veículos automotores, Serviços especializados para a construção, Produtos de material plástico, Móveis e Produtos de metal. Já os que elevaram suas expectativas positivas foram os setores de Manutenção e reparação, Máquinas e materiais elétricos, Madeira, Impressão e reprodução, Máquinas e equipamentos, Celulose e papel, Couros e artefatos de couro e Calçados e suas partes.


No mês de agosto, os dados de confiança da indústria estiveram mais elevados mediante uma reação positiva à redução dos juros anunciada pelo Copom, no entanto, as taxas continuaram muito elevadas e com péssimo impacto sobre a atividade econômica, como também sobre a liberação do crédito.


Comments


bottom of page