top of page

Brasil à frente de 40 países no ranking de juro real, pela 5ª vez

Número corresponde à taxa de juros descontada da inflação anual

Cálculo realizado pela gestora Infinity Asset em parceria com MoneyYou, classifica o Brasil na primeira colocação com o maior juro real (6,82% ao ano) entre 40 países. O índice é calculado levando em consideração o valor da taxa de juros nominal (que hoje, no Brasil, foi mantida em 13,75% ao ano), tendo descontada a porcentagem da inflação projetada no período de um ano, de acordo com o Boletim Focus do Banco Central.


A dianteira da lista que conta com países como México (6,13%), Colômbia (5,13%), Chile (4,89%) e Filipinas (2,62%), é o mesmo resultado apontado pelo levantamento na 5ª reunião consecutiva do Comitê de Política Monetária (Copom) após a definição da Selic, que ocorre a cada 45 dias.


Ainda segundo o cálculo, 47,50% dos países da lista mantiveram sua taxa de juros no mesmo patamar, enquanto 52,50% elevaram os números em suas últimas reuniões dos respectivos bancos centrais. A lista apresenta também cerca de 24 países com juro real negativo, ou seja, taxas de juros menores do que o índice inflacionário do país.


Em seu relatório a MoneyYou enfatizou que “o movimento global de políticas de aperto monetário continuou a ganhar força, com o aumento expressivo no número de BCs sinalizando preocupação com a inflação, mesmo com a queda do preço de commodities”.

Comments


bottom of page