top of page

Boletim Focus: PIB segue ladeira abaixo em 2023

Prognósticos divulgados nesta segunda-feira (27) indicam queda no crescimento econômico em 2023

Banco Central do Brasil


A mais recente edição do Boletim Focus do Banco Central divulgada nesta segunda-feira (27) voltou a reduzir o prognóstico de crescimento do PIB nacional para este ano, De acordo com a maioria dos economistas ouvidos pelo BC, o Produto Interno Bruto deve encerrar 2023 com alta de 2,84%, e não mais de 2,85% como estimado no boletim anterior.


Acompanhe a seguir os detalhes do Boletim Focus desta semana apurados pelo Rumo Econômico.


Dólar estável


Nada de novo no front cambial para os próximos anos. Segundo os prognósticos atualizados pelo Banco Central, o dólar norte-americano deve chegar ao fim de 2023 cotado a R$ 5 no oficial. Nenhuma alteração foi incluída para os anos seguintes. Segundo o boletim, a moeda norte-americana deve ser vendida a R$ 5,05 em 2024 e a R$ 5,10 em 2025.


PIB 2023: segunda queda consecutiva


A edição desta segunda-feira do Boletim Focus voltou a mostrar pessimismo em relação ao crescimento do Produto Interno Bruto para este ano. Com isso, a expectativa é de que a economia cresça 2,84% em 2023. O boletim Focus anterior apontava alta de 2,85% na semana de 20 de novembro.


Já para 2024 e 2025, nenhuma mudança no PIB, com projeções de alta de 1,50% e 1,93%, respectivamente.


IPCA mais alto em 2024


A previsão de desaceleração do PIB de 2023 entrou em contraste com o prognóstico inflacionário. Segundo o BC, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve terminar o ano em 4,53% - contra os 4,55% estimados na semana anterior. Já para 2024 e 2025, nenhuma mudança, com inflação estimada em 3,91% e 3,50%, respectivamente.


Selic inalterada


Apesar das previsões de queda para PIB e IPCA, os economistas mantiveram os prognósticos da semana passada para a Selic. De acordo com o Focus, a taxa básica anual de juros deve ficar em 11,75% (2023), 9,25 (2024) e 8,75 (2025).


Balança Comercial - Déficit Primário - Dívida Pública


Os prognósticos do Focus para a Balança Comercial Brasileira em 2023 permanecem bastante otimistas como na semana de 20/11. Para 2023, o prognóstico passou de US$ 76 bilhões para US$ 83 bilhões. Por sua vez, a expectativa para 2024 cresceu de US$ 63 bilhões para US$ 69 bilhões. Já para 2026 os números foram recalculados de US$ 63,9 bilhões para US$ 65 bilhões.

Nenhuma alteração aparece nos prognósticos para o resultado primário do governo: Em 2023, o déficit deverá ser de 1,10% do PIB. Já em 2024, o prognóstico é de -0,80% do PIB. Por fim, a estimativa para 2025 permaneceu em déficit de 0,60% do PIB.


Para a dívida pública líquida, a análise atualizada apresentada pelo Focus mostrou alta generalizada. A projeção para 2023 cresceu de 60,83% para 61,0% do PIB. Já para 2024, o Focus sinalizou alta de 63,88% para 63,90% do PIB. Por fim, para 2025 o prognóstico passou de 65,95% para 66,10% do PIB.


Comments


bottom of page