top of page

Boletim Focus: Inflação ensaia nova alta em 2024

Economistas ouvidos pelo Banco Central voltam a alertar sobre pressão inflacionária no próximo ano


Banco Central do Brasil -Divulgação


A mais recente edição do Boletim Focus do Banco Central divulgada nesta segunda-feira (13) reduziu a expectativa para a inflação de 2023, mas voltou a revisar para cima o prognóstico do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) de 2024. Segundo os economistas ouvidos pelo BC, o indicador deve subir ligeiramente de 3,91% para 3,92% no ano que vem.


Acompanhe os detalhes do Boletim Focus apurados pelo Rumo Econômico.


PIB mais alto em 2025


A edição desta segunda-feira do Boletim Focus manteve os prognósticos para o Produto Interno Bruto em 2023 e 2024, com as respectivas altas de 2,89% e 1,50%. Já a leitura antecipada do PIB de 2025 registrou melhora: de 1,90% para 1,93%.


Dólar: tendência de alta


Com o fim de 2023 se aproximando, pouca ou nenhuma alteração deve influenciar a cotação do dólar frente ao real neste ano. O prognóstico do boletim manteve sua expectativa para fechar em R$ 5 o câmbio oficial.

Já para os dois anos seguintes, a moeda pode ser pressionada pelos menores investimentos estrangeiros no país. As cotações esperadas para 2024 e 2025 ficaram, respectivamente, em R$ 5,08 (ante R$ 5,05 da semana passada) e R$ 5,11 (frente a R$ 5,10).


IPCA mais alto em 2024


Na leitura desta semana da inflação, o Boletim Focus manteve o cálculo do IPCA em 4,63%. Já para 2024, como observado, o indicador foi revisado para cima: de 3,90% para 3,91%. Por sua vez, o prognóstico para 2025 foi mantido em 3,50%, como em 15 semanas anteriores.


Selic estável


Apesar da ameaça inflacionária crescente, o Boletim Focus manteve sua análise sobre a Selic para o período 2023-2025. Neste ano, a taxa básica anual de juros deve fechar em 11,75%, enquanto 2024 deve cair para 9,25%. Já para 2025, o prognóstico ficou em 8,75%.


Balança Comercial - Déficit Primário - Dívida Pública


Os prognósticos do Focus para a Balança Comercial Brasileira em 2023 continuam otimistas. Para 2023, passou de US$ 75,3 bilhões para US$ 76 bilhões. Já a expectativa para 2024 cresceu de US$ 62,2 bilhões para US$ 62,7 bilhões. Por fim, 2025 poderá contar com US$ 60 bilhões - resultado semelhante ao previsto na semana anterior.

Para o resultado primário, nenhuma alteração aparece nos prognósticos: déficit de 1,10% do PIB em 2023 e de -0,80% do PIB em 2024. O resultado para 2025 também ficou estável em menos 0,60%.


Por fim, o Boletim Focus do BC retomou a trajetória de alta para a dívida líquida pública em 2023. Segundo o prognóstico atualizado, ela deve subir de 60,6% para 60,70% neste ano. Já para 2024, houve manutenção de 63,6% do PIB. Para 2025, o Focus aponta queda de 67,8% para 67,6% do PIB.









Comments


bottom of page