top of page

Black Rock diz que Fed não correrá para o resgate

Gestora de ativos mantém advertência contra expectativas exacerbadas

A maior gestora de ativos do mundo, a Black Rock (NYSE:BLK), tem sido uma voz dissonante em meio à relativo otimismo de boa parte do setor econômico quanto às promessas de socorro do Federal Reserve aos bancos que sofrerem contaminação em meio à crise bancária iniciada em fevereiro de 2023. Para a gestora, o Fed não correrá ao encontro das instituições em crise e ainda responderá com a reprodução de ações anteriores, ou seja, com cortes nas taxas de juros.


Em nota recentemente divulgada, os especialistas da Black Rock declararam que os bancos centrais causaram recessões deliberadamente ao elevar as taxas de juros para conter a inflação e que a “turbulência no setor bancário é, em nossa opinião, um reflexo dos danos e das rachaduras financeiras que se seguiriam a esses aumentos rápidos das taxas."


Na avaliação dos economistas os prejuízos econômicos gerados pela elevação dos custos dos empréstimos podem ser observados tanto nos indicadores do mercado de imóveis, quanto na indústria e junto aos consumidores, tendo em vista que o crédito já apresentava restrições antes mesmo do início da crise bancária, o que há algum tempo vem desacelerando o crescimento econômico global.

Commentaires


bottom of page