top of page

Black Rock considera ‘equivocadas’ previsões de redução de juros por parte do Fed neste ano

Pressões de salários são fator de preocupação e recessão mostra-se necessária para regulação da inflação

A maior gestora de ativos do mundo, a Black Rock, publicou nesta semana uma carta em que considerou como “equivocada” a perspectiva defendida por uma parcela dos agentes financeiros ao afirmar que há ainda em 2023 chances de redução das taxas de juros por parte do Federal Reserve (Banco Central americano).


O alerta enfatiza que o índice de custo de emprego marcou um crescimento de 5% no primeiro trimestre do ano quando comparado ao geral anual, e isso é considerado pela gestora como acima do desejado. Para a Black Rock, caso o ritmo de elevação permaneça, a inflação no setor de serviços continuará acima da metade 2% definida pelo Fed.


Segundo avaliação apresentada na carta, há apenas uma maneira de fazer arrefecer a inflação, e ela passa por uma recessão da economia americana, cenário que o Federal Reserve tem sinalizado estar preparado para tolerar, com seus “danos econômicos” e prováveis rachaduras no sistema financeiro após as falências de três bancos regionais dos EUA entre março e abril.

コメント


bottom of page