top of page

Bancos de investimento fazem cortes

Setor financeiro global desempregando

Em recente matéria, o The Financial Times, informou que os bancos estão prestes a produzir um dos maiores cortes de pessoal desde a crise financeira global. As instituições financeiras estão sob forte pressão interna para recompor suas receitas.


O quadro é tão crítico que o plano de demissão, que atingirá a casa de milhares de empregos, tende a reverter ao mesmo nível, aos das contratações feitas antes, entretanto, mantidas no período da crise sanitária.


O Credit Suisse, Goldman Sachs, Morgan Stanley e Bank of New York Mellon iniciaram cortes em seus quadros funcionais nos últimos meses que estão acima de 15 mil os desligados.


O que podemos sublinhar é que diversos setores da economia estão em franca ação de restruturação interna de seus negócios. Planos de redução de custos de operação estão em curso e em velocidade acelerada. A sinalização dada por operadores do mercado financeiro é a de que uma crise mundial está instalada.

Comments


bottom of page