top of page

Amil afirma que notícias sobre sua venda “são rumores de mercado”

Apesar da negativa, fontes indicam que negócio já está adiantado

A controladora da operadora de planos de saúde Amil Assistência Médica afirmou nesta quarta-feira (6) que não irá se pronunciar sobre as recentes notícias que ligam a venda da companhia que conta com uma carteira de quase 500 mil clientes em todo o país. Segundo o ranking nacional, a Amil ocupa hoje a 4ª colocação do segmento, atrás de NotreDame, Hapvida e Bradesco.


Em resposta ao questionamento feito pela reportagem do Rumo Econômico, a norte-americana United Health Group, que controla as ações da empresa de convênios de saúde, não negou, mas enfatizou que “não irá comentar rumores de mercado”.


Em contrapartida às informações detalhadas em diversos veículos da mídia, a UHG divulgou eventos recentes relacionados à companhia. Entre elas, a Clínica Amil Dental de Botafogo, no Rio de Janeiro, aberta no final de agosto, e uma certificação concedida à unidade da Amil em Pinheiros, em São Paulo.


As notícias oficiais, entretanto, não se encaixam com o que foi divulgado nesta semana sobre o futuro da Amil. Uma reportagem publicada no jornal O Globo aponta, inclusive, que a empresa seria vendida com “porteira fechada”, incluindo 31 hospitais e 28 centros médicos, com intermediação do BTG Pactual.


Em breve análise sobre o histórico da companhia, é possível localizar registros que corroboram com as atualizações sobre o destino da Amil Assistência Médica. Há três anos, o blog do jornalista Lauro Jardim já anunciava quais seriam os players envolvidos na suposta venda.

No texto, o colunista afirmou que o banco BTG Pactual havia sido contratado para fazer a prospecção de clientes potenciais para adquirir o patrimônio da Amil.


Já em 2022, outras reportagens detalharam que a Amil havia desembolsado R$ 3 bilhões para que a companhia fosse operada pela Assistência Personalizada à Saúde, em uma tentativa de capitalizar a operadora.


De acordo com fontes, esta medida representou um passo definitivo para que o BTG Pactual pudesse negociar com mais chances de atrair interessados.

CRÉDITOS (Foto): Nova clínica da Amil - divulgação

Comentarios


bottom of page