top of page

Agro supera toda as expectativas e cresce 11,3% no primeiro trimestre

Produção do agro influenciou diretamente o PIB nacional, acumulado entre janeiro e março





O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou na terça-feira (3) que o Produto Interno Bruto nacional teve alta de 0,8% no primeiro trimestre de 2024 - número que ficou dentro das expectativas do mercado. 


Embora o resultado tenha sido razoavelmente bem recebido, o que realmente levou o país a não amargar um resultado decepcionante foi o poder do agronegócio brasileiro, bastante desprezado pelo governo federal.


Segundo o IBGE, o produto interno bruto referente à produção agropecuária cresceu 11,3% entre janeiro e março, no comparativo ao quarto trimestre de 2023, quando o setor sofreu baixa de 3%. O resultado, vale destacar, ainda não foi influenciado pelas enchentes no Rio Grande do Sul, ocorrido somente no final de abril.


Em contrapartida, a indústria brasileira apresentou um desempenho decepcionante: queda de 0,1% nos primeiros três meses de 2024. No final de 2023, a produção do setor foi sensivelmente superior, registrando alta de 2,8%.


Por fim, o PIB relacionado aos serviços subiu apenas 1,4% no primeiro trimestre de 2024. No trimestre anterior, as empresas do setor cresceram mais que o dobro: alta de 3%.


--


Leia todas as nossas matérias integralmente.

Assine o Rumo Econômico no link abaixo:

コメント


bottom of page