top of page

Índice de confiança da indústria volta a ficar positivo

Acumulado ainda é negativo

O índice de confiança, medido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) cresceu dois pontos entre janeiro e fevereiro. O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) superou o limite de 50 pontos alterando as expectativas do cenário negativo, que se mantinha há quatro meses, para positivo de confiança.


A pesquisa consultou um universo de .372 empresas, sendo 564 de pequeno porte, 482 de médio porte e 326 de grande porte, ente 1º e 7 de fevereiro deste ano.


A recuperação do índice ocorreu devido à melhora de um dos seus componentes: o Índice de Expectativas aumentou 4,1 pontos para 52,9 pontos. Esse indicador trata da percepção dos empresários para os próximos seis meses em relação à economia e a sua empresa.


Em relação das condições atuais, o indicador recuou 2,4 pontos para 45,9 pontos e demonstra uma percepção de piora mais forte e disseminada da indústria sobre as condições atuais da economia brasileira e das empresas.


A pesquisa revela que, apesar da recuperação, o avanço de dois pontos não foi suficiente para reverter a queda de confiança de 14,2 pontos no índice de confiança acumulada entre setembro de 2022 e janeiro de 2023.


FONTE/CRÉDITOS: Rumo Econômico com CNI

Comentarios


bottom of page